INÍCIO DO RELATO

INÍCIO DO RELATO: Bem perto do grande bambuzal, Ryuiti que era ume menino * bhikshu meditava concentrando-se em sua respiração. * bhishu é a palavra em sânscrito para “mendigo religioso” termo utilizado para descrever a pessoa que abandonava a corrida de ratos das conquistas materiais, para seguir o Buda, em busca da realização espiritual. Ele e outros bhikshus estavam meditando por ali ao pé das touceiras de taquara. Ali perto Gautama (pronuncia-se Gotama), conhecido por várias apelidos e títulos (Sidhartha “alguém que tem muitos poderes”; Sakyamuni “o último da dinastia dos Sakyas” ou; simplesmente Buda “o iluminado”) vivia em um mosteiro próximo com 400 de seus seguidores. Mesmo com tanta gente por lá, esse era um lugar que transcendia paz e quietude. Esse bosque de bambus ficava em Magada a trinta minutos a pé ao norte da Capital Rajagaha que havia sido dado ao Buda pelo Rei Bimbisara como me contou o monge budista vietnamita Thich Nhat Hanh que é autor de mais de 100 livros.

Vou recontar aqui essa história, na forma de um relato com personagens fictícios que vai me permitir compartilhar com você alguns dos poucos conhecimentos do Budismo, que me foi dado conhecer nesta vida.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo